Bandeiras Azuis

Praias Excelentes

Dezassete zonas balneares, outras tantas candidaturas, igual número de Bandeiras Azuis. Vila Nova de Gaia volta a ser o município com o maior número de Bandeiras Azuis “reforçando assim as zonas balneares como uma das marcas distintivas do município”, lembra o presidente da empresa Águas de Gaia, José Maciel.

De há cerca de dez anos a esta parte as praias de Gaia, acrescenta o mesmo responsável, “tornaram-se pólos de criação de riqueza e melhoria da qualidade de vida dos cidadãos e um contributo fundamental para tornar o concelho mais atractivo e competitivo.”

A cerimónia do hastear da bandeira Azul decorreu, este ano, na praia do Senhor da Pedra, freguesia de Gulpilhares. Não foi por acaso, já que o local foi alvo de recente requalificação o que torna ainda “mais visível e evidente o processo de desenvolvimento sustentado”, a que Câmara Municipal tem imprimido “uma dinâmica firme e consistente ao longo dos anos, contribuindo da melhor forma para o progresso económico, social e de qualidade de vida do concelho.

Recorde-se que desde Outubro do ano passado a alteração do Plano de Ordenamento da Orla Costeira impôs a adaptação ou alteração dos apoios de praia da Orla Costeira. Este foi um factor de dificuldade e incerteza para a organização da campanha da época balnear deste ano. Mas trata-se, sem dúvida, como refere José Maciel, “de um factor de valorização acrescida que abrangerá a breve prazo toda costa de mar”. A Câmara e a Águas de Gaia, como já referido em cerimónias que têm a ver com Ambiente e requalificação da Orla, tem ajudado os concessionários das praias a ultrapassarem as dificuldades de instalação ou adaptação dos novos equipamentos, sobretudo pela carga burocrática e número de entidades envolvidas no processo.

Quando Gaia recebe orgulhosamente milhares de banhistas de toda a Área Metropolitana pela excelência das suas praias é oportuno lembrar que na conquista de uma Bandeira Azul estão envolvidas entidades como a Câmara, Águas de Gaia, Gaiurb, Ministério do Ambiente através da CCDRNorte, Instituto da Água, Capitania do Porto do Douro, Associação Bandeira Azul da Europa e Delegação de Saúde de Gaia.

Anúncios