Discurso possível

Diz o essencial

Terá sido, pode dizer-se, o discurso possível, dadas as circunstâncias. O presidente Filipe Menezes bem teria mais para dizer aos convidados, mas havia que «fugir» da chuva que caía no palco.

Afinal, confessou o presidente da Câmara, “estava prevista a chuva, mas só nas mesas dos jornalistas e da oposição.” Na direcção errada, já que boa parte da comunicação social tinha ficado em mesas abrigadas nos Claustros do Mosteiro.

A cerimónia de entrega dos Prémios Cidade Gaia teve lugar no mesmo dia em que no Parlamento debateram o Estado da Nação “se calhar por isso chove tanto”, sugeriu o autarca.

Seja como for, importante lembrar um dos objectivos deste Prémio: “perpetuar a tradição, a cultura, o pioneirismo e a competitividade de personalidades cujo trabalho perspectiva a divulgação de Portugal à escala mundial.”

Ao levar a cabo esta iniciativa “estamos a contribuir para um melhor conhecimento, pela opinião pública, da obra dos nossos melhores.”

Por outro lado, a iniciativa pretende e tem conseguido “dar uma outra visibilidade a Gaia, ao nível do estatuto conseguido, a todos os níveis, nos últimos anos neste município.”

Serve também, esta gala, para o que Menezes considera ser “pedagogia cívica”, acabar com a «cultura» do maldizer, da crítica e pessimismo, “fazer essa pedagogia, desenvolver todos os esforços para divulgar o trabalho realizado”, acrescentando: “é necessário que os Gaienses saibam todos e Portugal tome como exemplo, aqui estão a ser investidos 1,5 mil milhões de euros.” Investimento público e provado que levará Gaia mais para a frente “o futuro será assim mesmo, dentro de uma mesma região, cidades que desenvolvem, outras que ficam para trás.” Não será o caso do município liderado por Menezes ou não se ouvisse, no decorrer da cerimónia, um ou outro convidado deixar escapar «para mim é um privilégio ser de Gaia, esta iniciativa orgulha-me muito». Eram «apenas» gaienses que como muitos outros nunca disseram que são do Porto ou «perto do Porto». Gaia é a sua terra a de que falam com orgulho.

Anúncios